Dubladores

Lígia Rinelli


Arquivo de Som:

 
Terry (Clare Bloom) em Luzes da Ribalta


 
Biografia:

 
Lígia Rinelli foi uma dubladora Carioca.

 

Lígia nasceu em 5 de Fevereiro de 1939, em São Paulo, Capital. Começou a carreira ainda bem jovem, como atriz. Estreou na Boate Freds ao lado de Norma Bengell nos shows do empresário Carlos Machado, que acabou lançando-a como vedete, partindo então para a televisão.

 

Trabalhou em emissoras de Tv de São Paulo, tendo ido para o Rio de Janeiro no final dos anos de 1960. Lá foi trabalhar na Rede Globo, no qual atuou nas novelas Os Gigantes em 1979, Plumas & Paetês em 1980, Jogo da Vida em 1981, Guerra dos Sexos em 1983 e Meu Nome é Coragem em 1984.

 

Por seu sucesso também no teatro desde seu início de carreira, Lígia foi a embaixatriz do teatro brasileiro na Europa.

 

Na dublagem entrou por volta do início da década de 1970, passando por empresas como Herbert Richers, Peri Filmes, entre outras.

 

Em 1980 foi feito um disco chamado Super-Homem e o Dia Em Que o Maracanã Desapareceu, nele foi convidado o dublador do Super-Homem do desenho Gualter de França, e com ele outros dubladores para interpretar os diversos personagens da história, entre eles Lígia Rinelli, que foi convidada para interpretar a personagem Mirian Lane, fazendo uma entonação de menina, uma facilidade que Lígia tinha, por ser dona de um timbre bem agudo.

 

Na década de 1980 foi casada por alguns anos com o dublador Sílvio Navas.

 

Entre suas dublagens ficou conhecida por dublar atrizes como Carmen Miranda, Claudia Cardinele, Susan Hayward, entre outras. Foi Janet Leigh em Psicose, Clare Bloom em Luzes da Ribalta e a atriz Raquel Welch em 100 Rifles e O Preço de Um Covarde, alem de vários desenhos, por ter facilidade de fazer vozes infantis.

 

Se aposentou por volta de final dos anos de 1990, começo de 2000, e foi morar no Retiro dos Artistas, no Rio de Janeiro. Chegou a escrever um livro sobre o Retiro dos Artistas em 2010, mas veio a falecer por essa época, e não sabemos se o livro chegou a ser concluído, ou pelo menos lançado.

 

Ligia foi mais uma das grandes atrizes da Tv e do teatro brasileiro, e também uma das grandes dubladoras do nosso país.

 
Trabalhos:

 
- Terry (Clare Bloom) em Luzes da Ribalta

- Marion Crane (Janet Leigh) em Psicose

- Raquel Welch em 100 Rifles e O Preço de Um Covarde

- Shirley Delwy (Betty Garrett) em A Bela Ditadora

- Ann Kay (Dawn Addams) em Um Rei em Nova York

- Yvonne La Salle (Helene Heigh) em Monsieur Verdoux

- Tylette (Gale Sondergaard) em O Pássaro Azul