Matérias

A Dublagem de Dragon Ball Z

 

 Enviado em 10/04/2010

Nó início de 1999 chega ao Brasil um dos animes de maior sucesso no mundo, Dragon Ball Z. Trazido pela PlayArte e estreado em 1 de Julho de 1999 pelo Cartoon Nertwork as 18:30, o anime foi criado por Akira Toriyama no Ano de 1989, dando sequência a série Dragon Ball criada em 1986, a série foi feita nos estúdios da famosa Toei Animation. Dragon Ball Z rendeu 6 anos de sucesso, antes da estréia da sequência da série, Dragon Ball Gt, no ano de 1996.

 

No Brasil a série fez sucesso, e faz até os dias de hoje. A dublagem da série ficou por conta da Álamo em São Paulo, com um elenco de primeira. A direção ficou por conta de Angélica Santos e Wendel Bezerra até a Saga Freeza, e da Saga Cell até o fim da série ficou por conta de Wellington Lima.

  

Nós temos no elenco principal da série logo nos primeiros episódios os seguintes dubladores:

Wendel Bezerra como Goku

 Raquel Marinho como Chichi

Fátima Noya como Gohan

 

 Leonardo Camilo como Piccolo

  Tânia Gaidarji como Bulma

Fábio Lucindo como Kuririn

Gileno Santoro como Mestre Kame

 Wellington Lima como Raditz

Todos esses dubladores deram o tom perfeito aos personagens, Wendel Bezerra com sua voz única e estourante quando o personagem pede, Raquel Marinho com o timbre típico de orientais mais também com um gogó forte quando a personagem pede uns bons gritos, Gileno Santoro com sua voz propícia para senhores, Fábio Lucindo a voz de ouro dos jovens nas dublagens da época, Leonardo Camilo com sua voz rasgante e sarcástica, Tânia Gaidarji com sua voz jovial e entusiasmada e Wellington Lima com seu timbre puramente de vilão e com um fantástico desdobramento na voz.

 

Após os primeiros episódios, Leonardo Camilo se retira do personagem Piccolo, não sabemos ao certo porque, e em seu lugar entra Luiz Antônio Lobue, o qual da a alma a Piccolo e o imortaliza por uma perfeição incrível.

Luiz Antônio Lobue como Piccolo

A Narração da série ficou por conta de Daoiz Cabezudo, veterano dublador que marcou com sua voz, e as narrações da empresa e do nome dos episódios ficou por conta do narrador oficial na época da Álamo, Ronaldo Artinic.

Daoiz Cabezudo como Narrador da Série

Ronaldo Artinic como Narrador dos Títulos

 

Após a morte de Raditz e Goku, surgem antigos amigos de Goku que ficaram sabendo da vinda dos Saiyajins dentro de 1 ano, e em decorrência disso começaram a treinar, entre eles estão Yamcha, dublado por Márcio Araújo, um dublador que depois criou uma carreira em cima dos animes, sempre com uma voz calma e moldante, Tenshin-Han dublado pelo recém chegado Alexandre Marconatto, com uma voz forte, de combate e que combina direitinho com nosso amigo de 3 olhos e Caus, dublado pela Ursula Bezerra, especialista em dublar meninos e crianças.

Márcio Araújo como Yamcha

 

Alexandre Marconatto como Tenshin-Han

Ursula Bezerra como Caos

Nessa mesma época aparecem mais 4 personagens da infância de Goku, Kami Sama, o Deus da terra, dublado por Fábio Tomasini, mondando-se direitinho a fisionomia e ao caráter do personagem, Senhor Popo dublado por César Marchetti, e com uma voz falseta da um timbre certo ao personagem, Mestre Karin dublado pelo já consagrado Armando Tiraboschi, que já havia feito um trabalho de dublagem em Pokemon dublando o felino Miau, agora encarna o gato ancião, e Yajirobi pela voz do novato, na época, Vagner Fagundes, que da o timbre de metido, de sem paciência e de sem educação do personagem.

Fábio Tomasini como Kami Sama

César Marchetti como Senhor Popo

Marcelo Pissardini como Mestre Karin

Vagner Fagundes como Yajirobi

 

Há também os personagens secundários da série que volta e meia davam suas caras, como a Tartaruga do Mestre Kame, dublada pelo veterano Mário Jorge Montini, a boazinha, e quando espirrava, malvada, Lunch, dublada pela flexível e sensacional Márcia Regina, o fiel companheiro de Yamcha, Pual, na voz de Rita Almeida, que sempre costuma dar a sua voz a personagens infantis, o porquinho safado Oolong na voz de Angélica Santos, outra dubladora versátil para crianças, e o bondoso e alegre Rei Cutelo, pai de Chichi, na voz do veterano João Batista com uma força incrível na voz.

Mário Jorge Montini como Tartaruga do Mestre Kame

Márcia Regina como Lunch

 

Rita Almeida como Pual

Angélica Santos como Oolong

João Batista como Rei Cutelo

Com Goku no outro mundo, várias aventuras surgiram em seu caminho até ele encontrar o Senhor Kaio, dentre elas um passeio indesejado no inferno e uma visita a Princesa Serpente. Outros dois amigos antigos de Goku também aparecem nessa fase, eles são o Índio Bora e seu filho Upa.

Felipe Di Nardo como Senhor Enma Daioh

Luiz Laffey como o Ajudante de Enma Daioh

Bruno Rocha como Ogro Azul

Aníbal Munhoz como Ogro Vermelho

Affonso Amajones como Índio Bora 

Thiago Barioni como Índio Upa

Marli Bortoletto como a Princesa Serpente

Tânia Gaidarji como a Ajudante da Princesa Serpente

Letícia Quinto como a Ajudante da Princesa Serpente

Rita Almeida como a Ajudante da Princesa Serpente

Nesse entre meio, Gohan continua treinando, e encontra um grupo de jovens órfãos em uma ilha, que vivem correndo das pessoas do orfanato que querem pegá-los. No final o responsável pelos garotos, o Pigero, deixa eles nas mãos das pessoas do orfanato, porque não querem que eles se tornem como ele.

Jussara Marques como Chris

Thiago Barioni como Hou

Rodrigo Andreatto como Pigero

Diego Marques como Órfão

Letícia Quinto como Órfã

 

Affonso Amajones como Inspetor do Orfanato

João Batista como Inspetor do Orfanato

Tânia Gaidarji como Inspetora do Orfanato

Walter Breda como Inspetor do Orfanato

Felipe Di Nardo como Guarda da Cidade

 

Logo após isso, Goku chega no final do caminho da serpente e encontra o Senhor Kaio, que o treina durante meses.Na voz do Kaio Sama do Norte, designaram Walter Breda, já consagrado na profissão, deu a voz serena e entonada a Senhor Kaio, mais também os seus belos gritos quando não está satisfeita com alguma coisa.

Walter Breda como Senhor Kaio

Orlando Viggiani como Gregory

No planeta do senhor Kaio, o próprio conta a história dos Saiyajin á Goku, conta que o planeta teve um Rei, e que o mesmo foi destruído por Freeza, com medo da raça ficar poderosa a ponto de superar seus poderes. E nessa história temos um novo personagem, o Rei Vegeta, pai do Saiyajin Vegeta, que é dublado por Guilherme Lopes.Nas lembranças que ocorrem na série sobre o Rei Vegeta e também nas duas dublagens do filme A Historia de Bardock, foi escalado o mesmo dublador para dublar o personagem.

Guilherme Lopes como Rei Vegeta

Quando Goku já estava treinando no planeta do Senhor Kaio, Mestre Kame teve a idéia de chamar sua irmã, Vovó Uranai, para saber notícias de Goku no outro mundo.

 

Meses depois, 1 dia antes dos Saiyajins chegarem a terra, Goku se comunica com Mestre Kame através do Senhor Kaio pedindo-lhe para ressuscitá-lo. Rapidamente Mestre Kame junta as esferas que Bulma e os outros já tinham reunido, e chama Shenlong, e ressuscita Goku.

Zaira Zordan como Vovó Uranai

João Batista como Shenlong

Com a chegada dos Saiyajins a dublagem liberou mais 2 de seus talentos, Alfredo Rollo como Vegeta, fazendo aquele típico jeito orgulhoso de falar do príncipe dos Saiyajin, e o entonado Guilherme Lopes como Nappa, com seu vozeirão estrondoso e sua voz inigualável.

Alfredo Rollo como Vegeta

Guilherme Lopes como Nappa

Após a luta entre Goku e Vegeta, começamos a descobrir um universo que não conhecíamos, e com a necessidade de ressuscitar os amigos mortos nessa batalha, os guerreiros Z se confrontaram com homens de forças absurdamente poderosas. Nesse entremeio tivemos outras vozes secundários, como a dos Pais da Bulma, que apareciam pela primeira vez na série Z.

Eleu Salvador como Dr. Briefs

Cecília Lemes como Mãe da Bulma

Nessa nova saga, nos deparamos com esses homens mencionados anteriormente, que carregam uma força extraordinário, e na dublagem não é diferente, 3 grandes dubladores foram escalados para os primeiros vilões dessa saga que está apenas começando, Affonso Amajones como soldado Zarbon, com aquele timbre forte e confiante, Gilberto Baroli como soldado Dodória, também sempre muito confiante e com uma maldade absurda, e por fim o grande Carlos Campanile como outro grande, o grande Freeza, dando um timbre calculista ao vilão e seu risinho baixinho e cordial, escondendo um terrível vilão que mal estava aparecendo.

Affonso Amajones como Zarbon

Gilberto Baroli como Dodória

Carlos Campanile como Freeza

Em Namekusei, Bulma, Gohan e Kuririn conhecem amigos que os ajudam, entre eles Dendê, Nail e o Grande Patriarca de Namekusei, foi usado na sequência de idade também os dubladores, o jovem Thiago Barioni dando a voz a dendê, o dublador Marcelo Pissardini já com uns anos de dublagem como Nail e o veterano e saudoso César Leitão como Grande Patriarca.

Thiago Barioni como dendê

Marcelo Pissardini como Nail

César Leitão como Patriarca de Namekusei

Após isso chega no planeta as Forças Especiais Ginyu, para dar apoio a Freeza contra Vegeta que matou seus dois soldados Zarbon e Dodória, e para isso é designado mais um grupo de dubladores de primeira linha, eles são: Luiz Laffey, Ivo Roberto, Sílvio Giraldi, Guilherme Lopes e Sergio Moreno.

Guilherme Lopes como Rincon

Luiz Laffey como Boter

Sílvio Giraldi como Ians

Ivo Roberto como Gurdon

Sérgio Moreno como Ginyu

Após a morte das Forças Especiais Ginyu, finalmente se libertou o Dragão das 7 esferas de Namekusei, ele se chama Porunga.Com ele foi realizado 3 pedidos, entre eles que Piccolo ressuscitasse e que viesse a Namekusei e o outro que deixasse o Patriarca vivo mais um tempo, para que todos pudessem se transportar dali para a o Planeta Terra.

Jonas Mello como Porunga

Quando Goku sai da maquina de recuperação da nave de Freeza, Freeza percebe que ele é filho de Bardock, e conta a história a Goku que apesar de seu nível baixo, ele lutou até o fim para que Freeza não destruísse seu planeta, nessa lembrança, em todas as outras lembranças e nas duas dublagens do filme A História de Bardock, o personagem sempre teve o mesmo dublador, que foi Wellington Lima.

Wellington Lima como Bardock

Após a derrota de Freeza e a vinda a Terra dos Guerreiros Z, menos Goku, o Patriarca de Namekusei deixa a vida, mas antes passa o posto de Patriarca a Muri, seu filho mais velho, fazendo com que as esferas do dragão continuassem vivas e ressuscitassem seus amigos Kuririn, Yamcha, Caos e Tenshin-Han.

Gilberto Baroli como Muri

Um ano se passa e a Terra está em paz novamente. Sem Goku por perto, Gohan é o homem da casa e cuida de sua mãe e também retorna aos estudos.Um dia, Gohan vai visitar o Mestre Kame, e naquele dia descobrem que Kuririn está namorando com uma garota chamada Marom. Nesse entre meio a Família do Mal, liderada por Garlic Jr. está de volta e aprisionam Kami Sama e Senhor Popo e dominam o templo sagrado.Para Garlic Jr. foi escolhido Emerson Caperbat, que fez por merecer, foi uma das dublagem mais perfeitas de vilões na minha opinião.

Letícia Quinto como Marom

Emerson Caperbat como Garlic Jr.

Affonso Amajones como Cashew

Aníbal Munhoz como Vinegar

Gilberto Baroli como Mustard

Sergio Rufino como Salt

Após a derrota de Garlic Jr. pelas mãos de Gohan, 1 ano se passa e Gohan ainda continua nos estudos, para reforçar isso sua mãe contrata um professor particular chamado Ensajiko, com um temperamento um tanto agressivo, mais que logo o botam pra correr. No dia seguinte todos percebem o ki de Freeza, e vêem que ele está vindo para a Terra.Freeza chega a Terra junto com seu pai o Rei Cold, surpreendendo a todos que pensaram que ele havia morrido. Na mesma hora aparece um guerreiro misterioso do futuro e mata Freeza e seu pai apenas com uma espada, deixando todos surpreendidos. Esse garoto é o filho de Bulma e Vegeta que vai nascer no futuro e veio para o passado para mudar um futuro obscuro aonde todos os Guerreiros Z foram mortos.

 

Na dublagem foi escolhido o dublador Cassius Romero para o professor de Gohan, com sua já conhecida caída para a comédia, Cassius deu o tom certo ao personagem. Jonas Mello é escolhido para dublar o pai de Freeza apenas nos dois primeiro episódios, no último episódio aonde Rei Cold aparece, o personagem é dublado por Silvio Navas, que o dubla também em lembranças dos Guerreiros Z e na segunda derrota dele no inferno com Freeza e os outros. Para Trunks foi escolhido um dos dubladores mais requisitados para adolescentes e jovens entre 20 e 30 anos, Marcelo Campos, que fez por merecer.

Cassius Romero como Ensajiko

Jonas Mello como Rei Cold

Silvio Navas como Rei Cold

Marcelo Campos como Trunks

Após a derrota de Freeza e seu pai, passaram-se 3 anos e os Guerreiros Z foram até a ilha aonde era esperado o ataque dos andróides. Lá se depararam com o Andróide 19 e o Andróide 20, sendo o segundo o próprio Dr. Maki Gero que se transformou em andróide com a ajuda do N° 19, para isso foi escolhido o veterano dublador Aldo César como Dr. Maki, com seu timbre único, dando um ar de sombrio e sério ao personagem, e Ivo Roberto, para o andróide 19. Antes de ser vencido, como o N° 19 foi, Dr. Maki vai até o laboratório e libera mais 2 andróides, o N° 17 e N° 18, que o matam e liberam o terceiro andróide, o N° 16. Para a dublagem foram designados o jovem Figueira Junior para o tranquilo andróide 17, para a andróide 18 foi escalada a já consagrada Eleonora Prado, com aquele típico toque feminino a personagem, e Luiz Laffey, passando um tom sereno e calmo ao andróide 16.

 

Na mesma época, vem do futuro a criatura Cell, que começa a absorver as pessoas nas cidades para aumentar sua energia. No final absorveu o N° 17 e N°18 e se transformou num ser perfeito. Para o papel extraordinário de Cell, foi escalado João Batista, dando o tom sarcástico e maligno ao vilão, estando entre as maiores dublagens de vilões da dublagem brasileira.

 

Com a saída de João Batista do personagem Rei Cutelo, quem pega o personagem é Silvio Navas, também fazendo jus ao personagem.

 

Após o treinando de Gohan com seu pai na sala do templo por o equivalente a 1 ano, Gohan sai mais adulto, já pré-adolescente, requerendo uma voz um pouco mais madura, então é designado Yuri Chesman, que na época também era pré-adolescente, muitos não gostaram da mudança, mais realmente teria ficado algo esquisito se continuasse com a voz de criança de Gohan.

 

Na hora do Torneio do Cell, aparecem uma turma de palhaços dizendo que iam vencer Cell e passam isso pela Tv para o mundo todo, eles eram Mister Satan, o "campeão" mundial, feito pelo brilhando Guilherme Lopes, o Repórter que transmitia o torneio por Cassius Romero, novamente o Cassius em um personagem cômico, 2 discípulos de Mister Satan, Calloni, feito por Tatá Guarnieri e Piroshki feito por Felipe Di Nardo, alem disso a secretária da dupla, Pizza feita por Márcia Regina.

Aldo César como Dr. Maki Gero

Ivo Roberto como Andróide 19

Figueira Junior como Andróide 17

Eleonora Prado como Andróide 18

Luiz Laffey como Andróide 16

João Batista como Cell

Yuri Chesman como Gohan

Guilherme Lopes como Mister Satan

Cassius Romero como repórter

Tatá Guarnieri como Calloni

Felipe Di Nardo como Piroshki

Márcia Regina como Pizza

Silvio Navas como Rei Cutelo

Após voltar ao outro mundo, matar e destruir o planeta do Senhor Kaio com o Cell em forma de bomba, Goku fica sabendo de um torneio que vai ocorrer no planeta do Grande Senhor Kaio, mestre dos Senhores Kaio do Norte (o que treinou Goku), Sul, Leste e Oeste, e lá vai Goku para o planeta. Ao chegar lá se depara com uma figura bem exótica, que é o Grande Senhor Kaio, que inscreve Goku no torneio. Lá, também são vistos os Senhores Kaio do Sul, Leste e Oeste, no qual o Senhor Kaio do Norte encontra o seu maior rival, o Senhor Kaio do Oeste, que inscreveu também seu pupilo Paikuhan no torneio. Nesse entre meio, são avisados de que Freeza e os outros estão fazendo estragos no inferno, então Paikuhan diz que vai conte-los, e Goku o acompanha. Goku fica impressionado e ao mesmo tempo feliz em ver os poderes de Paikuhan derrotando Freeza, Cell e outros com uma facilidade incrível.

Eleu Salvador como Grande Senhor Kaio

 

Carlos Silveira como Senhor Kaio do Oeste

Zaira Zordan como Senhor Kaio do Leste

 

Emerson Caperbat como Senhor Kaio do Sul

Marcelo Pissardini como Paikuhan

7 Anos se passaram e Gohan já é adolescente e está na escola. Um novo filho de Goku também aparece, seu nome é Goten, é o filho que Goku deixou antes de morrer. O filho de Vegeta e Bulma já estava maior, e virou o melhor amigo de Goten. Com isso, Gohan pediu uma voz adulta, e quem há fez foi Vagner Fagundes, já Goten teve a mesma voz dada a Gohan pequeno, a de Fátima Noya, que deu um tom diferente ao personagem, mais alegre, e nada chorão, e Diego Marques, que na época era criança e deu o tom certo a Trunks, aquele tom de espertinho e que adora aprontar alguma coisa.

Vagner Fagundes como Gohan

Fátima Noya como Goten

Diego Marques como Trunks

Na escola Gohan conhece amigos, professores e até tem seu primeiro encontro.Entre seus amigos está a desconfiada Videl que suspeita que ele é o Guerreiro de Cabelos Dourados, e depois que ele é o Grande Saiyaman. Gohan se mete em mil e uma aventuras, até no final ensinar artes marciais á Videl e ela ir sabendo pouco a pouco quem ele é, quais são seus poderes e o que de fato estava para acontecer com o Planeta Terra.

Melissa Garcia como Videl

Luciana Baroli como Ireza 

Silvio Giraldi como Chapna

Walter Breda como Professor

Isabel de Sá como Professora de Inglês

Letícia Quinto como Ângela

Fábio Tomasini como Professor

 

Emerson Caperbat como Professor de História

Um Torneio de Artes Marciais ia ter inicio dentro de poucos dias, então os Guerreiros Z se prepararam, principalmente por se enfrentarem e verem os poderes dos amigos depois de 7 anos. Mais uma criança aparece, a filha de Kuririn com a N°18, seu nome é Marom, veio acompanhar os pais no Torneio, mas apenas para assistir. Para as semifinais do torneio sobraram os Guerreiros Z e alguns lutadores que sempre se classificavam nos torneios anteriores, entre eles o guerreiro Mighty Mask, no qual foi enganado por Goten e Trunks que pegaram sua fantasia para poder participar do torneio adulto. Alem disso 2 seres supremos também participaram desse torneio, eles são Kaio Shin, que é um supremo senhor Kaio, e Kibito, seu ajudante e amigo, que também é respeitado como um ser supremo, e ao mesmo tempo apareciam dois guerreiros dominados por Babidi, eles são Yam e Spopovitch, que tinham como objetivo absorver a energia dos Guerreiros Z a mandado de Babidi.

 

Na dublagem é bom destacar o dublador do Locutor do Torneio, que é feito por Cassius Romero, seu terceiro papel de comédia na série, muito bem vindo, pois sua veia comigo é fantástica, nunca deixa faltar nada ao personagem, ao contrario, só acrescenta, e os dubladores de Kaio Shin e Kibito. Francisco Brêtas da aquela serenidade de ser supremo a Kaio Shin como nenhum outro dubladores poderia fazer, e Affonso Amajones da aquele tom serio e fechado de Kibito, e claro, mais pra frente os dois dão um show em interpretação nos berros de Kibito e nos nervosismos de Kaio Shin.

Cassius Romero como Locutor do Torneio de Artes Marciais

Fernanda Bullara como Marom

 

Ivo Roberto como Mighty Mask

Sérgio Moreno como Killer

Luiz Laffey como Juwel

Mauro Castro como Punta

Francisco Brêtas como Kaio Shin

Affonso Amajones como Kibito

Gilberto Rocha como Spopovitch

Wellington Lima como Yam

Com a trama de Babidi revelada, os Guerreiros Z vão atrás de Spopovitch e Yam e descobrem a fortaleza de Babidi, e com a verdade que já haviam descoberto sobre Babidi e Majin Boo, foram preparados para derrota-los e derrotar todos os inimigos que viessem contra-ataca-los. Dentro da nave de Babidi enfrentam inimigos fortíssimos, como o Buibui e o monstro Yakon, e depois deles o perverso Daburá, todos sem exceção dominados pelo controle da mente de Babidi, inclusive Vegeta foi controlado do mesmo jeito, travando uma luta contra Goku logo depois, no Torneio de Artes Marciais.

 

O Ressalte na dublagem vão para Ivo Roberto como Babidi e Luiz Carlos de Moraes como Daburá, a voz incrível e versátil de Ivo Roberto deu um toque único, sarcástico e irritante ao personagem, dando um show na dublagem, e Luiz Carlos de Moraes como sempre bom em vilões, foi perfeito como Daburá.

Ivo Roberto como Babidi

Luiz Carlos de Moraes como Daburá

Carlos Silveira como Buibui

Jonas Mello como Yakon

No meio dessas histórias, reapareciam amigos antigos de Goku, como a Vovó Uranai e Yajirobi, nessa ultima saga tiveram vozes diferentes, Vovó Uranai dublada por Helena Samara, não sabemos a causa da mudança, e Yajirobi dublado por Rodrigo Andreatto, troca feita porque o antigo dublador de Yajirobi, agora estava dublando Gohan.

Rodrigo Andreatto como Yajirobi

Helena Samara como Vovó Uranai

Com a aparição de Majin Boo, todos os esforço são poucos para vencer esse inimigo, então os Guerreiros Z vão treinar de diversas formar e jeitos possíveis, um desses treinamentos foi no Planeta do Supremo Senhor Kaio, treinando com Kaio Shin e Kibito, mas ao tirar a espada sagrada da pedra, Gohan despertou o Dai Kaio Shin, um Supremo Senhor Kaio acima de Kaio Shin e os outros Supremos Kaio's, que haviam sido mortos a muitos anos atrás nas mãos de Majin Boo. Esse Dai Kaio Shin era muito preguiçoso e só treinava Gohan a base da chantagem, e envergonhava Kibito e Kaio Shin. Já na Terra, Babidi morreu, e Majin Boo ficou vagando pelas cidades, até encontrar Satan, que acabou distraindo bastante o monstro, e deu tempo aos Guerreiros Z, até o mal sair de dentro de Majin Boo e o transformar em um outro ser, cheio de ódio e rancor. Sua última transformação foi a mais perigosa, foi um Majin Boo pequeno e com o aspecto de um parasita, também ria muito de modo sarcástico e atacava da for mais louca possível, a luta com ele foi realizada no Planeta do Supremo Senhor Kaio, já que a Terra havia sido destruída pela forma 2 de Majin Boo.

 

Show de dublagem total nessa última saga de Dragon Ball Z, Cassius Romero novamente em um personagem fixo, dessa vez fazendo voz de velho para o Dai Kaio Shin, fazendo muita gente rir com esse velhinho doido e cheio de artimanhas, Wellington Lima, deu um show a parte fazendo as 3 vozes de Majin Boo, a do Majin Boo gordão, com aquela voz fininho e de bobão, o Majin Boo magro, com aquela voz gritante de revoltado, num tom a lá Raditz, só que com bem mais ódio e rancor, e o Majin Boo pequeno, com aquela vozinha sarcástica e risonha, fantástico.

 

Outra nota importante nessa dublagem foi a mesclagem de vozes, nunca feita antes no Brasil, quando Goku e Vegeta, e Trunks e Goten se fundiam, o guerreiro que surgia das fusões tinha a voz dos dois guerreiros que a formaram, ao mesmo tempo, ou seja, duas vozes falando exatamente iguais e com a mesma velocidade, a mixagem e direção da Álamo, valeram muito nessa hora.

Wellington Lima como as 3 formas de Majin Boo

Cassius Romero como Dai Kaio Shin

A luta final de Goku contra Majin Boo só pode ser terminada com a Genki Dama que Goku fez pegando energia de todo o universo, quando Goku estava preste a matar Majin Boo, ele pediu as forças do universo que fizessem Majin Boo reencarnar como uma pessoa boa, para que Goku pudesse treinar com ele e lutar com um inimigo que tivesse o seu poder. Anos se passaram e Goku e Videl, que haviam casado após a morte de Boo e a volta do Planeta Terra, deram uma neta a Goku, o nome dela é Pan, foi designada para dubla-la Jussara Marques, que deu um toque especial na personagem, e que na série seguinte a Dragon Ball Z fez um trabalho incrível com a personagem.

 

Goten e Trunks já estavam grandes, e exigiram vozes diferentes, Goten teve a voz de Yuri Chesman, o mesmo que deu a voz a Gohan pré-adolescente na batalha com Cell e Marcelo Campos, que havia dublado o personagem adulto na saga Cell, quando o mesmo havia voltado do futuro.

 

E finalmente a reencarnação de Boo, Uub, coincidentemente seu nome da vida passada ao contrario, ele havia nascido em uma aldeia pobre, e por isso foi ao Torneio de Artes Marciais para conseguir ganhar e conseguir dinheiro para sua família, foi lá que Goku o viu e o reconheceu, e desde então levou-o para treinar e sumiu mais uma vez de perto de sua família.

Jussara Marques como Pan

Angélica Santos como Uub

Yuri Chesman como Goten

Marcelo Campos como Trunks

E com isso temos toda a dublagem de Dragon Ball Z, um dos grandes trabalhos de dublagem do País, e que sem duvida para quem assistiu ficará marcado para sempre, tanto pela série quanto pela dublagem.