Dubladores

Rogério Márcico


Arquivo de Som:

 
Bibo Pai (primeira voz) em Bibo Pai e Bóbi Filho


 
Biografia:

 
Rogério Márcico foi um dublador Paulistano.
 
Rogério Márcico nasceu em 24 de Fevereiro de 1930 em Poços de Caldas, Minas Gerais. Começou a carreira em sua cidade na Rádio Cultura. Depois mudou-se para o Rio de Janeiro aonde foi trabalhar nas rádios Tupi e Nacional.
 
Depois veio para a São Paulo aonde foi trabalhar na Tv Tupi. Lá fez as novelas Legionário Invencível em 1955, Uma História de Ballet em 1956, O Volante Fantasma, Lever no Espaço, Os Três Mosqueteiros e Pequeno Mundo de D. Camilo em 1957, O Guarani em 1959 e A Muralha em 1961. Na Tv Tupi também participou da Tv de Vanguarda de 1955 a 1957.
 
Em 1964 foi para a Tv Excelsior aonde fez a novela Melodia Fatal. Em 1965 foi para a Tv Paulista, aonde fez a novela O Ébrio. Em 1966 volta a Tv Excelsior aonde faz as novelas As Minas de Prata, Anjo Marcado e A Pequena Karen, todas no mesmo ano, depois fez Os Fantoches em 1967 e O Terceiro Pecado em 1968. Em 1969 foi para a Tv Bandeirantes aonde fez a novela Era Preciso Voltar.
 
No mesmo ano entra para a Tv Record, aonde fez a novela Algemas de Ouro, depois fez As Pupilas do Senhor Reitor em 1970, Os Deuses Estão Mortos e Sol Amarelo em 1971, e Os Fidalgos da Casa Mourisca e O Leopardo em 1972. Em 1974 volta a Tv Tupi na novela O Machão, depois fez O Velho, O Menino e o Burro e Vila do Arco em 1975, Canção Para Isabel, O Julgamento e Papai Coração 1976, Éramos Seis em 1977, Roda de Fogo em 1978 e Gaivotas em 1979. Em 1980 volta para a Tv Bandeirantes aonde fez duas novelas Pé de Vento e Meu Pé de Laranja Lima. Em 1983 entra para o Sbt aonde fez as novelas Pecado de Amor e Vida Roubada, depois fez Meus Filhos, Minha Vida e Jerônimo em 1984.
 
Em 1986 volta para o Rio de Janeiro para trabalhar na Tv Globo na novela Selva de Pedra, depois fez Direito de Amar em 1987 e Vida Nova em 1988. Em 1995 depois de 7 anos afastado das novelas volta para o Sbt na novela As Pupilas do Senhor Reitor e Sangue do Meu Sangue. Em 1996 é convidado para trabalhar na novela O Rei do Gado na Tv Globo, e Márcico volta mais uma vez para o Rio de Janeiro. Em 1997 volta novamente ao Sbt aonde fez a novela Chiquititas, depois fez Amor de Ódio em 2001, Jamais Te Esquecerei em 2003, Seus Olhos em 2004 e Maria Esperança em 2007.
 
Após 10 anos no Sbt voltou a Tv Bandeirantes na qual não trabalhava a mais de 20 anos, lá fez a novela Água na Boca.

 

Em 2011, tem uma pequena participação na novela Amor e Revolução no Sbt.
 
Em Minisséries fez Grande Sertão: Veredas em 1985 na Tv Globo e Chapadão do Bugre em 1988 na Tv Bandeirantes.
 
Na dublagem entrou no início dos anos de 1960, ainda quando trabalhava na Tv Tupi. Lá participou na maioria de desenhos animados, como a primeira e mais conhecida voz do Bibo Pai em Bibo Pai e Bóbi Filho sendo substituído por Francisco Borges, a segunda voz do zelador Henry Órbita em os Jetsons substituindo Older Cazarré, e primeira voz e mais marcante voz de Barbey Rubble na 1° e 2° temporadas de Os Flintstones, que criou um jeito único no personagem inspirando seus outros dubladores Waldir Guedes e Neville George no personagem, que substituíram Márcico por haver saído da dublagem pelo intenso trabalho em novelas.
 
Na década de de 1970, já afastado da dublagem, Márcico foi chamado novamente para fazer seu eterno personagem Barney Rubble no desenho Fredy e Barney Show, depois ainda fez a voz do Barney em 2 Longas-Metragens da série Os Jetsons e Os Flintstones Se Encontram e Os Flintstones - I Yabba Dabba Do.

 

Nos anos de 1980, Rogério era chamado eventualmente para dublar algum filme ou série.
 
Em 1994 foi feito um filme em carne e osso de Os Flintstones, aonde John Goodman interpretava Fred Flintstone e Rick Moranis interpretava Barney Rubble, Rogério Márcico mais uma vez foi chamado para fazer o personagem agora em solo carioca, aonde nunca havia dublado, um convite simpático do estúdio Delart à Rogério Márcico que novamente interpretou o baixinho. Essa foi sua última interpretação do personagem, sendo dublado já no segundo filme por Nizo Neto, que interpretou o personagem Barney Rubble em Flintstones Nos Anos Dourados.

 

Rogério também foi narrador, principalmente em desenhos como Pepe Legal na Aic, e As Novas Aventuras do Cavaleiro Solitário na Bks, entre outros.

 

Rogério é mais um dos talentos artísticos que temos em nosso país.

 
Trabalhos:

 
- Barney Rubble (primeira voz) em Os Flintstones (Anos de 1960), Flintstones Especial, Fred e Barney Show, Os Jetsons e Os Flintstones Se Encontram (Longa-Metragem) e Os Flintstones - I Yabba Dabba Do (Longa-Metragem)
- Barney Rubble (Rick Moranis) em Os Flintstones
- Guarda Smith (terceira voz em dois episódios) em Zé Colméia
- Bibo Pai (primeira voz) em Bibo Pai e Bóbi Filho
- Guarda Smith (terceira voz) em Zé Colméia Show
- o zelador Henry Órbita (segunda voz) em os Jetsons (Anos de 1960)