Dubladores

Silvio Matos


Arquivo de Som:

 
Cincinnatus (Dal McKennon) de Daniel Boone / Sr. MacElroy (Arte Julian) em A Feiticeira


 
Biografia:

 
Silvio Matos foi um dublador Carioca e Paulistano.
 
Silvio Matos nasceu em 19 de Abril de 1943 em Areais, São Paulo. Começou a carreira como técnico de som na Rádio Cultura de Lorena, São Paulo, depois tentou carreira como rádio ator na mesma rádio e passou, com apenas 12 anos de idade. Depois veio para São Paulo e conseguiu emprego no papel de camareiro no musical Boa Noite Betina no Teatro Record da Consolação ao lado de Procópio Ferreira e Otelo Zeloni. Naquela ocasião Procópio Ferreira estava iniciando teste com os figurantes do musical, para montar uma companhia de comédia e viajar pelo Brasil, Silvio Matos pediu para fazer o teste e passou, e acabou fazendo parte da companhia. Conheceu sua esposa Aliomar de Matos na companhia.
 
No meio dos anos de 1960 mudou-se para o Rio com a esposa, entrou para a Herbert Richers, também junto da esposa, ela dublava e ele era o contra-regra, que na dublagem era quem fazia os ruídos do filme. Em 1967 houve uma crise séria na dublagem do Rio e ele veio mais a esposa para São Paulo, a esposa foi para a Aic e ele para a ex-Ibrasom que já havia sido comprada pela Aic e se chamava Íbis, dublar e coordenar a parte técnica. Quando o estúdio Íbis fechou, Silvio e a esposa mudaram-se para uma casa que estava alugando ao lado da Aic, e desde então estavam sempre disponíveis para dublar.
 
Na Aic trabalhou na área técnica, como contra regra, banda internacional e marcação de filmes. Como dublador fez alguns papeis marcantes como o Cincinnatus interpretado por Dal McKennon na série Daniel Boone e a segunda e mais marcante voz do Tio Arthur interpretado por Paul Lynde em A Feiticeira, entre outros.
 
Em 1977 participou do filme Contos Eróticos, e em 2000 fez o filme Cartas da Mãe.
 
Em 2006 participou da novela Bicho do Mato na Rede Record.

 

Em 2011 criou o Vlog do Fernando, interpretando um velho que reclama da vida, e que insiste em dizer que jovens não tem direito de reclamar, que só velho é que tem esse direito, alem de reclamar de vários problemas que atingem a terceira idade. Com esse personagem engraçado, Silvio faz várias críticas sociais, e com isso seu canal se tornou um dos mais famosos do Youtube.
 
Hoje em dia mora no Rio com sua esposa Aliomar de Matos, ambos se encontram afastados da dublagem.

 
Trabalhos:

 
- Tio Arthur (Paul Lynde) (segunda voz) e Sr. MacElroy (Arte Julian) em A Feiticeira
- Cincinnatus (Dal McKennon) de Daniel Boone
- Mickey Moore O'Shaunessy / Patrick Moore O'Shauness (Walter Burke) em Viagem Ao Fundo do Mar